Destaques

 

 

UDEMO | 13/01/14 16:43 | Atualizado em 16/01/14 9:19


Matéria publicada no Diário Oficial – Poder Legislativo, 11 de janeiro de 2014.

Servidores da administração pedagógica terão direito a meia-entrada Profissionais terão que apresentar carteira funcional ou holerite para uso do benefício

GabrieL CabraL

Os diretores, coordenadores pedagógicos e supervisores  de ensino da rede pública poderão pagar meia-entrada em  teatros, cinemas e casas de show, por exemplo.

O projeto  300/2012, de Carlos Giannazi (PSOL), assegura o benefício e está entre os 14 PLs que tiveram seus vetos  derrubados pela Assembleia no final de 2013.

De acordo com a proposta, titulares de cargos do quadro de apoio das escolas das redes públicas do Estado e dos municípios poderão usufruir da meia-entrada.

A forma de comprovação  que permitirá a entrada do funcionário é a apresentação da carteira funcional emitida pela Secretaria da Educação ou holerite.

A medida passa a valer após a promulgação, que poderá ser feita pelo governador ou pelo presidente da Assembleia.

Papel do educador

“Estes profissionais desdobram-se em duas direções: de um lado, investem na sua própria formação, entendendo que a produção  cultural também é fonte de conhecimento e, do outro lado, na qualificação do currículo escolar, à medida que podem divulgar os espetáculos aos seus alunos”, disse Giannazi na justificativa de seu projeto.

O deputado também discorre sobre a visão atual do que é educação e do papel do educador. “Educador é todo aquele que transita no ambiente escolar e dá a sua contribuição laboriosa para a qualidade do processo de aprendizagem.”

Clique aqui para ver projeto


 

 

 

 
Filie-se à Udemo
Decálogo
 
 
 
 
 
 
Parceria UMC