Destaques

 

 

UDEMO | 15/03/19 12:46 | Atualizado em 22/03/19 9:47


DIA 22 DE MARÇO

Colegas têm entrado em contato com a Udemo Central perguntando sobre a participação, ou não, da entidade no Ato Unificado convocado pela Apeoesp, dia 22, na Avenida Paulista.

Como o chamamento para o Ato destaca a Reforma da Previdência e a defesa de uma escola sem censura, alguns colegas entendem que se trata de uma pauta única e conjunta das entidades da educação. Mas não é assim ! Essa pauta foi tirada numa reunião do Conselho de Representantes (CR) da Apeoesp.

Nas reuniões conjuntas das cinco entidades da educação, dias 5 e 26 de fevereiro, por unanimidade, decidiu-se pela seguinte pauta: 1) Reajuste Salarial;  2) Contratação de Professores (concursos) e módulo das escolas; 3) Contra a Reforma da Previdência.

As entidades foram então convidadas a participar do Ato Unificado, dia 22, Ato este que já estava sendo planejado com bastante antecedência.

Comentou-se, também, que já estava sendo discutida uma Greve Nacional dos Trabalhadores em Educação, contra a Reforma da Previdência, talvez no dia 26/03.

Na pauta do Ato Público convocado pela Apeoesp – dia 22 - aparece uma  reivindicação e uma moção que precisamos destacar. A reivindicação é a exigência da soltura imediata do ex-Presidente Lula (Movimento Lula Livre). A moção é a favor do Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, democraticamente eleito.

Como o Ato Unificado está sendo organizado pela Apeoesp – e não pelas cinco entidades –, e não é a mobilização definida conjuntamente pela pauta comum – reajuste salarial, contratação de professores e módulo escolar, contra a reforma da previdência -, e como ela contém reivindicações que não passaram, antes, pelas instâncias da nossa entidade, a Udemo não pode convocar os seus associados para o Ato. Não se trata de mérito, mas sim de respeito às instâncias da entidade, de acordo com deliberações anteriores.

Por oportuno, cabem alguns esclarecimentos:

  1. Não vai aqui nenhuma crítica à Apeoesp, que organizou sua Assembleia e Ato Unificado de acordo com a decisão das suas bases;
  2. A Udemo desconhece a posição das demais entidades da educação sobre o Ato. Os interessados deverão entrar em contato diretamente com elas para obter essa informação.
  3. Quando houver mobilização conjunta para defender os três pontos já definidos consensualmente – salários, módulo e previdência – com certeza a Udemo participará, porque isso já foi aprovado nas suas instâncias.

Saudações,
Udemo Central.


 

 

 

 
Filie-se à Udemo
Decálogo
 
 
 
 
 
 
Parceria UMC