Destaques

 

 

UDEMO | 02/05/19 13:02 | Atualizado em 3/05/19 15:48


Vergonha!!!

Em qualquer regime ou sistema de governo, é fácil saber quais são as prioridades: basta seguir o dinheiro (“follow the money”). Regra geral, prioritária é a área para a qual é destinada a maior quantidade de dinheiro. Portanto, tem a ver com práticas, execução e não com discursos.

Um exemplo. No Brasil, educação é prioridade em todos os discursos, mas não o é na prática. E isso é fácil de comprovar. Segundo o Siafi (Sistema Integrado de Administração Financeira do Governo Federal), portanto, órgão do próprio governo, em 4 anos (2014 a 2018), o Brasil reduziu o investimento em educação em 56%.

Na Educação Superior, a redução foi de 15%; na Educação Básica, 19%; no Ensino Profissional, 27%.

O atual governo declara que os cortes vão continuar...

Esses dados nos levam a uma certeza e a uma dúvida. Certeza: educação não é prioridade no Brasil. Dúvida: o que é prioridade nesse país?


Veja outra vergonha:
Brasil cai para última posição em ranking sobre prestígio do professor

 

 

 
Filie-se à Udemo
Decálogo
 
 
 
 
 
 
Parceria UMC