Destaques

 

 

UDEMO | 16/03/20 | Atualizado em 16/03/20 10:38


COVID – 19 E ESCOLAS PÚBLICAS

URGENTE

Num primeiro momento, o Governador e o Secretário da Educação declararam que as aulas deveriam continuar normalmente, sem pânico, apesar da pandemia da Covid-19.

Num segundo momento, alertados, e num gesto de bom-senso, recuaram e ordenaram a suspensão das aulas, porém só após o dia 23 de março, ficando esta semana, (16 a 20), para uma “preparação” e uma “orientação” aos pais e alunos. Em resumo, deram mais uma semana de chance para a propagação do coronavírus. É claro que o principal motivo (não declarado) para essa semana “preparatória”, é a questão da merenda. Há muita criança na rede que tem como única alimentação a merenda. Desde que foi fundada (1952), a Udemo alerta para esse absurdo que é vincular escola e merenda. Há muitas outras formas de cuidar da alimentação das crianças e dos adolescentes que não seja a merenda escolar.

Então, a partir de hoje, 16/3/2020, quem está ‘mandando’ na escola é a merenda. Para levar os alunos à escola para tomarem a merenda, vem o transporte escolar, sinônimo de “aglomeração”. No momento de tomar a merenda, ‘aglomeração’. Lavar as mãos antes e depois da merenda, uma dificuldade extra em muitas escolas que não têm nem água nem sabão; menos, ainda, álcool gel.

Agora, mais uma novidade: o servidor que tiver 60 anos ou mais não precisa (não deve) ir trabalhar nas escolas e Diretorias de Ensino. Começando pelo Dirigente, passando pelo Supervisor e o Diretor de Escola, isso deve dar um percentual bem alto na rede. Entre os professores e funcionários, o percentual não é tão alto, mas não é desprezível. Então, quem vai cuidar da Diretoria, da Supervisão, da escola, das classes ? Quem tiver menos de 60 anos? Só isso ? Qual o sentido prático dessa medida, além da confusão?

Todas as atividades na escola e na Diretoria de Ensino já deveriam ter sido suspensas ! Estas unidades deveriam estar fechadas, para toda e qualquer atividade. O trabalho que tiver de ser feito junto às famílias, sobre a alimentação, deverá ser feito pela Assistência Social, diretamente nas residências!

Mais um detalhe: vamos parar com essa enganação de, neste momento, preparar professores e alunos para o ensino on-line, aulas a distância etc., enquanto os alunos permanecerem em casa. Infelizmente, na rede pública estadual, nós não temos essa infraestrutura.

No momento, trata-se de preservar vidas; nada mais importante do que isso!


Participe, também, do Grupo de divulgação da UDEMO no Facebook!

 

 

 
Filie-se à Udemo
Decálogo
 
 
 
 
 
 
Parceria UMC